segunda-feira, 13 de julho de 2009

Tempo, tempo, tempo...

Sobre o aniversário, tudo lindo e especial, ficaram registrados ótimos momentos, ao lado de pessoas queridas e especiais, um dia de muito frio, mas com muito calor humano, sua carinha de felicidade e contentamento que recompensou cada esforço, e agora só nos resta esperar o próximo ano.
Minha menina, nesse momento estou aqui envolta em trabalho, mil coisas a fazer, mas o pensamento insiste em fixar em você, após o feriado prolongado, tantas coisas passam na minha cabeça, tantas coisas abservadas em você e confesso, estou assustada, assustada e feliz, imensamente FELIZ!!!
Feliz em ver como você cresceu, como está esperta, inteligente, segura, dona de si, falante, e muito, muito meiga.
Assustada ao me dar conta de como o tempo está passando depressa e por mais que eu tente relutar você não é mais a minha bebê (exceto pela fralda que está dificil tirar), você é uma menininha, esperta e faceira que fala pelos cotovlos, dança e rodopia onde quer que esteja, que sabe de tudo, entende de tudo e argumenta tudo. Não comete mais os erros de fala de um bebê, não chora mais a toa quando quer uma coisa, agora você pede a argumenta os por quês de querer aquilo, naquela hora etc, etc.
Ai filha como sinto saudades de ouveir você dizer:
Boleta - borboleta - hoje boboleta.
Cololate - chocolate - hoje chocolate (assim certinho, certinho)
Nhanhana - Luana - hoje Luana mesmo.
e tantas outras palavrinhas antes cheias de trejeitos de bebê o hoje pronunciadas de forma tão certinha que muitos duvidam quando digo que você só tem 2 aninhos.
Mas você ainda me compensa com algumas gracinhas como:
Quejão - requeijão (você sabe falar certo, mas não adianta, você acostumou assim)
VDD - DVD
Tutura - Estrutura (tá ai já é querer demais né rsrsrsrs)
Você já canta musicas inteiras, escolhe roupas e tantas outras coisas que é impossível enumerar tudo.
A sua alegria, sorrisos e carisma contagiam todos ao seu redor, não tem um lugar que vamos onde você não cative as pessoas, onde não ganhe um pirulito, um biscoito e onde eu e seu pai não escutemos milhares de elogios pela sua simpatia. Meu tesouro.
Sexta levamos você ao shopping Butantã, super legal para crianças da sua idade, você se esbaldou nos brinquedos e ganhou uma mega borboleta, daquelas bexigas de gás hélio, seu pai até que tentou fazer você desistir dela, mas foi convencido sob forte argumento:
- É muito, muito, muito linda, papai!!!
E ai que seu pai não aguenta né.
Você tem falado muito da escola, você mal sabe o que é, mais vive falando que quer ir, fazer desenhos e tal, estou tentando conciliar tudo para encontrar um tempo para tentarmos sua adaptação, vamos devagar Ok.
Você está totalmente adaptada as minhas ausências nos dias de aula, mas na quarta quando chego em casa é nitida a sua saudade e o tamanho da sua felicidade ao me ver novamente em cuidando e brincando com você. Aliás parece que você sabe exatamente os dias que estou fora e os que estou em casa.
Você ama a nossa casa, a nossa familia, nossos parentes e todos os que te cercam, sabe o nome de todos, pede por todos quando a saudade aperta, querida demais.
Seu carinho pela Cacau (nossa cachorrinha), pretinha como você chama também está crescendo, você ainda tem um pouco de receio, pois ela pula em você e te derruba, mas dia a dia toamos como você se importa com ela e sente falta tb.
Filha, mais uma vez obrigada, por me fazer tão feliz, por poder acompanhar de pertinho o desenvolvimento mágico de uma criança.
Te amooooooo!

Um comentário:

Vivi a mamãe do Francisco disse...

Oiiiii,

que bom ter noticias de vcs...

E a Isa ???? Crescendo hiper bem e falando muitoooooooo

Tá muito boa essa fase né

Beijossss